Exame simula atendimento e permite checar nível de excelência

 na  formação prática dos estudantes

 Fasam – Faculdade Sul-Americana segue na vanguarda da utilização de metodologias de ensino-aprendizagem com a aplicação de métodos importantes para avaliação dos estudantes. No curso de Odontologia, por exemplo, é aplicado o Exame Clínico Objetivo e Estruturado (OSCE sigla original em inglês, Objective Scructure Clinial Examination). Trata-se de uma metodologia precisa, objetiva e confiável para avaliação de habilidades clínicas de alunos.

Conforme o professor de Odontologia da Fasam Dr. Diego Antônio Costa Arantes, o exame é um diferencial que contribui na formação prática de excelência dos estudantes. “A Odontologia envolve muitas habilidades que não são possíveis de avaliar apenas em uma prova escrita. O OSCE permite avaliar além da teoria, a habilidade do saber fazer”, afirma o docente.

O professor também explica que, na Odontologia, a avaliação é elaborada por um grupo multidisciplinar de professores de áreas como perodontia, dentística, diagnóstico, cirurgia e endodontia. A aplicação do OSCE é feita por meio de uma simulação de atendimento na qual um paciente (ator) relata uma queixa e o aluno deve conduzir a consulta como se fosse a realidade do dia a dia no consultório. Em outros momentos, pode ser solicitado que o estudante realize procedimentos técnicos de cada área dentro de um contexto clínico simulado.

Ao final da atividade, os docentes responsáveis realizam uma devolutiva para o aluno, apresentando os critérios de avaliação e esclarecendo dúvidas. A pontuação do exame vai de zero a dez. O OSCE já foi aplicado no curso de Odontologia da Fasam em três oportunidades nos últimos semestres.