A fasam investe em você

Notícias

Professor da Fasam defende demolição do antigo Cepaigo

  • Autor: Jordana Oficina
  • 24/02/2017
  • 04:51

Compartilhar!

shutterstock_3195331

Professor da Fasam defende demolição do antigo Cepaigo

Especialista em Políticas Penitenciárias, o professor de pós-graduação da Fasam – Faculdade Sul-Americana, Anderson Brasil, diz que somente a demolição da Penitenciária Cel. Odenir Guimarães – antigo Cepaigo, em Aparecida de Goiânia, colocará fim às rebeliões e mortes dentro do local. “Além de demolir e construir outro presídio, será necessário, investimento em pessoal. Hoje, o número de servidores é insuficiente para a grande quantidade de presos”, afirma.

Anderson Brasil, que já foi diretor do presídio por 14 meses, lembra que o espaço é desumano não apenas para os presos, mas também para os servidores. “Os servidores estão sempre apreendendo armas e drogas lá dentro, mas não é suficiente. As alas não são isoladas. Os presos estão sempre se comunicando. Não existe segurança pública que conseguirá dar jeito num local como aquele”, revela.

No início da tarde de quinta-feira (23), uma briga entre gangues dentro da Odenir Guimarães ocasionou a morte de cinco detentos com tiros de revólver e pistola e ferimentos leves em pelo menos mais dez reeducandos. “Precisamos, não só em Goiás, mas bem como em todo o Brasil, de uma política séria para o sistema penitenciário. Políticas públicas duradouras, que consigam colocar fim às barbáries dentro dos presídios”.

Mestre em Direito, o professor Anderson Brasil ministra aulas no módulo Políticas Penitenciárias do curso de pós-graduação da Fasam em Ciências Criminais.

01 Comentário

  1. Isso,caracteriza uma manobra fácil em TODOS os acessos, politicamente devemos implantar tecnologías, visto que hoje estamos fragilizados tanto oque estão dentro e fora.

    Michel

    Estudante Fasam.

Comentários

Newsletter

Facebook