A fasam investe em você

Notícias

Primeiro passo para mudança

  • Autor: Jordana Oficina
  • 28/03/2017
  • 07:00

Compartilhar!

colação

Primeiro passo para mudança
Conclusão de curso superior na Fasam alavanca guinada na carreira de futuros profissionais

Nilton Félix Sousa, de 55 anos, teve uma infância difícil. Criado no interior de Goiás, labutou na roça durante décadas. Quando foi morar na cidade, trabalhou em praticamente todos os ofícios disponíveis para quem tem pouco estudo. Por isso, sempre deu valor à educação. Fez questão de que seus dois filhos fizessem faculdade. Isla Leal formou-se em Enfermagem, a exemplo da mãe, Geane Moreira, enquanto o caçula Felipe está concluindo sua graduação

Com a certeza do dever cumprido, Nilton resolveu que precisava de um curso superior. Cinco anos atrás, escolheu a Fasam – Faculdade Sul-Americana para formar-se em Direito. Na noite do último dia 27 de março, participou da cerimônia de colação de grau na Atlanta Music Hall, em Aparecida de Goiânia, ao lado de outros 160 formandos. Visivelmente emocionado, disse que o próximo passo é ser aprovado no Exame de Ordem da OAB-GO.

“Hoje, eu realizo um sonho de muitos anos. Tive muita dificuldade de concluir o Ensino Médio quando era jovem, mas sempre tive certeza de que um dia teria um curso superior. No início, quando ainda estava na roça, eu queria Medicina, mas vi que seria impossível trabalhar e estudar. Direito era minha segunda opção, que virou a primeira e a mais sensata”, afirmou Nilton, que trabalha como vendedor de material de construção.

Indagado sobre o que vai fazer após aprovação no Exame de Ordem – se vai deixar o trabalho de vendedor para advogar -, Nilton disse que tinha uma única certeza naquele momento. “Eu vou mudar de vida. O diploma e a carteira da OAB darão uma guinada na minha carreira.”

A poucos metros de Nilton, com uma beca preta impecável e o laço vermelho na cintura, indicando a formatura no curso de Direito, Mariane Almeida, 32. Ela esbanjava confiança e simpatia. Passou no Exame de Ordem quando ainda cursava o nono período e fazia planos para o futuro. “Já sou advogada e quero ser juíza. Pretendo trabalhar na advocacia apenas os três anos que eu preciso para comprovar atividade jurídica exigida pelo concurso”, afirmou, ao lado do marido Marcos Silva, professor de Química, dos filhos e de amigos.

A certeza de que alcançaria a magistratura, segundo ela, vem das dificuldades que enfrentou para concluir a graduação, a segunda, uma vez que já é formada em Letras. Durante os cinco anos na Fasam, ela foi mãe duas vezes (2012 e 2014). E, ainda assim, não perdeu um único semestre. “O pessoal do administrativo, os professores e meus colegas de turma foram sensacionais. Saio da Fasam com grandes amigos. Deixo professores incríveis. Sem esse apoio, não teria conseguido formar.”

Sheila Martins, 36, professora em Senador Canedo, também alcançou o sonho de uma vida: formar-se em Pedagogia. O curso superior na Fasam veio reforçar sua paixão: a sala de aula. “Ela sempre sonhou com esse curso. Fez tudo para concluir. Agora, terá mais bagagem para continuar trabalhando na área”, afirmou o marido Juarez Alencar, 41, designer gráfico. Ele falou pela mulher, pois Sheila não conseguiu se desvencilhar dos familiares e amigos para conversar com a reportagem.

 

Ensino

Diretor administrativo-financeiro da Fasam, Ítalo Castro, lembrou aos formandos que a faculdade está e sempre estará de portas abertas aos formandos. A Fasam oferece 20 cursos de pós-graduação, nas mais diversas áreas do conhecimento. “O ensino é o caminho para o desenvolvimento de qualquer nação. Somente por ela vamos conseguir mudar a nossa sociedade. Estamos de portas abertas”, afirmou. “A instituição pertence a vocês”, emendou o diretor-geral da Fasam, Paulo Gonçalves.

 

Nilton Félix e familiares

Nilton Felix e familiares

Mariane Almeida e familiares

Mariane Almeida e familiares

Sheila (formanda), Juarez (marido) e familiares

Sheila (formanda), Juarez (marido) e familiares

 

Newsletter

Facebook