A fasam investe em você

Notícias

Normas rigorosas de controle fiscal na administração pública exigem conhecimento específico de gestores

  • Autor: Jordana Oficina
  • 26/09/2017
  • 02:56

Compartilhar!

shutterstock_152093909

A modernização do Estado e as constantes mudanças nas legislações exigem capacitação permanente dos profissionais que atuam direta ou indiretamente com a administração pública, seja como servidores públicos efetivos ou comissionados, administradores, agentes privados delegatários do serviço público, tais como concessionários, e operadores do Direito, em geral. Entender como funcionam corretamente os mecanismos de controles interno e externo da administração pública garante não apenas a eficiência da gestão, mas também evita eventuais incorreções e processos judiciais futuros.

Os agentes públicos, conceito amplo que envolve de gestores políticos a particular em afetos à atividade administrativa do Estado, estão sujeitos a normas rigorosas de controle fiscal, funcional, político, de probidade administrativa, entre outros. Esses agentes têm de conhecer ou precisam estar assessorados por pessoas que conheçam todos os detalhes da legislação para não praticarem atos lesivos à administração pública. “Muitas vezes, por falta de capacitação profissional, o agente pode acabar praticando ato que confronte à lei”, explica a professora Paula Santis, coordenadora da pós-graduação em Direito Administrativo e Gestão Pública da Fasam – Faculdade Sul-Americana.

O curso da Fasam vai proporcionar uma formação integral e interdisciplinar, incluindo o conceito de gestão corporativa, como o que há de mais novo. A partir de uma estrutura curricular completa, possibilita observar o conteúdo de Direito Administrativo projetado sobre as práticas financeiras, orçamentárias e de gestão pública e urbanismo, proporcionando ao profissional especialista na área um amplo campo de trabalho, não apenas perante a administração pública, mas junto às empresas da iniciativa privada, cuja atividade econômica ou finalística envolva o serviço público, ou prestam atividades de interesse público com as OS’s e OSCIP’s.

A pós-graduação em Direito Administrativo e Gestão Pública da Fasam tem duração de 18 meses. Está prevista para ter início em novembro.

Se interessou? Clique no botão abaixo e inscreva-se no curso. 

INSCREVA-SE

 

Newsletter

Facebook